quarta-feira, 5 de maio de 2010

Chama a mãe que o pai tá doido!

O Avaí vem adotando, já faz algum tempo, estratégias de marketing das mais ousadas, e todas elas estão no melhores livros sobre a matéria. Ocorre que esqueceram de estudar como colocar tudo isto em prática, pois cada “sacada” do nosso departamento de marketing , é um novo tiro no pé.

Desta feita, a idéia é interiorizar a marca, mas logo aqui na Palhoça? Nossos vizinhos de porta...

E se não bastasse, o lançamento não é aberto ao público em geral, o que nos leva a crer que interiorizar significa fazer o lançamento na sede do patrocinador, ou seja, lançamento sem custos de locação e mídia para o patrocinador.

Interiorizando na Palhoça ou lançando o novo uniforme do bar do glorioso Baron, na Agronômica, o efeito seria o mesmo, o público alvo idem: blogueiros avaianos, diretoria avaiana, a estimada imprensa da capital e convidados.

Em suma, neste caso, o local pouco importa, mas interiorização da marca é muito para a cabeça desses blogueiros, e, além de, outra vez, o torcedor ficar à margem...

4 comentários:

nobreazurra disse...

Uma coisa que é notória, tudo de bom que essa diretoria tem feito cai por água a baixo quando chega na relação clube torcedor.
Lamentavelmente o maior patrimônio do clube está ficando de lado e não é de hoje, na final o problema com o setor H foi mais uma prova disso.
Acorda diretoria, acorda. Tá ficando chato, mais tem que acordar.

Saluti celesti.

Péh e Pri disse...

Está virando hábito do Avaí retirar o seu torcedor da "nossa" Ressacada, que ao mesmo tempo que somos sócios dessa paixão, o que nos daria um "grande" privilégio, não temos direitos, somente deveres, de pagar a mensalidade até o dia 10 de cada mês, e se quiser ir ao jogo tudo bem, se não quiser "o problema é seu"... Somos tratados como marginais pelos policiais na revista e nas redondezas do estádio, se usar qualquer coisa de Torcida Organizada já é intimado para retirar antes de entrar, ou mostra a carteira de sócio, enquanto as organizadas do time visitante é isenta de fiscalização, a fila na compra dos ingressos foi bom, pra mídia expor a "organização administrativa" que o time atende o seu cliente.


E a apresentação do novo uniforme? Ahh sim, só mostra que a única utilização que o time faz do seu torcedor é de consumidor e tá de bom tamanho, não é?

Blog da Chuleta Avaiana disse...

Seu Cunha!
O amigo tem razão.
Quanto ao que ocorreu no setor H, há algo mais entre o céu e a terra do que os aviões de carreira...
Abraços!
Chuleta Avaiana

Blog da Chuleta Avaiana disse...

Péh e Pri!
Observações muito bem colocadas.
Tanto no que concerne ao tratamento dado aos torcedores do Avaí pela PM, quanto a apresentação do novo uniforme.
Abraços!
Chuleta Avaiana