segunda-feira, 7 de março de 2011

Ressaca !

Por: Jair "Jajá" Alcides dos Santos*

Bom dia, torcedor avaiano.

Estamos em pleno carnaval e a torcida avaiana está de ressaca. Também, pudera, perdemos para o time do Oeste, mais uma vez, na estreia do returno. A expectativa era grande por uma boa apresentação da equipe azurra. O jogo seria difícil, afinal nenhum time conseguiu superar a Chapecoense em seus domínios. O que não esperávamos era um time do Avaí tão apático, sem alma, disposição e, principalmente, sem futebol.

Todas as críticas recebidas foram merecidas e os protestos pertinentes, todavia vou pedir licença para fazer duas ponderações. A primeira delas diz respeito ao nosso adversário, que só foi eliminado na semifinal do primeiro turno, após empatar em Criciúma, com a equipe campeã. O segundo é que o resultado adverso, fora da ressacada, apesar de indigesto, não pode ser suficiente para perdermos nossa convicção do tricampeonato avaiano. Acredito que esse grupo ainda vai nos dar muitas alegrias.

Penso, inclusive, que as pessoas que estão falando o oposto deveriam torcer para outra equipe, pois enquanto nosso Leão estiver vivo na competição, nunca deixarei de acreditar em nossa vitória. Fico impressionado com a capacidade que alguns analistas têm de ser negativos com o nosso time do coração. Se o Avaí vencesse iriam dizer: “vamos devagar com andor que o santo é de barro, ainda não ganhamos nada, pés no chão, vamos baixar a bolinha”. Como perdeu começam a esbravejar: “o torcedor não pode se iludir, não podemos sonhar com o tri”.

Meus amigos, respeito a opinião alheia, contudo me permito discordar, e vou mais longe, quem não estiver com o Leão que vá torcer para outro time, em outro lugar. Vamos fazer crítica construtiva, vamos cobrar, agora jogar a toalha antes mesmo do returno começar, para mim já é demais. “Vamo, vamo, Avaí, com você, vamos buscar o tri!!!!"

Continuando a contar a história do futebol catarinense, destacamos hoje o nascimento da equipe do Joinville. Em 12 de outubro de 1920, nascia o Caxias Futebol Clube, de Joinville, equipe de procedência social popular, cujo uniforme era idêntico ao do Botafogo do Rio de Janeiro. O estádio próprio do clube foi erguido em terreno doado pelo desportista Ernesto Schlemm Sobrinho, cujo nome se deu àquela praça esportiva. Por seus torcedores e imprensa em geral, o Caxias ficou conhecido como “Pinguim da Manchester Catarinense” e conquistou os títulos estaduais de 1929, 1954 e 1955.

Fruto de acordo firmado para dar maior projeção à cidade, o Caxias e o América, outro time local, licenciaram-se da divisão profissional de Santa Catarina, para fazer surgir o Joinville Esporte Clube.

Amigos leitores, por hoje é só, na próxima semana voltaremos com mais informações do Avaí. Aproveito a oportunidade para desejar a todos muita alegria nesse carnaval que ainda não acabou!

*Jair Alcides dos Santos, vulgo Jajá, é torcedor e sócio do Avaí Futebol Clube. Membro da Associação de Amigos da Chuleta Avaiana, onde ocupa também a função de tesoureiro, Jajá é largo como Oswald de Souza: acerta tudo que é palpite e leva tudo que é prêmio de rifa e promoção onde deixa seu nome.

2 comentários:

Dinho disse...

Bom dia amigos! Após vários dias sem computador... Realmente, concordo com você Jajá, o futebol apresentado pelo Leão no sábado foi muito abaixo do esperado, e as críticas são uma consequência lógica, porém, ficar agourando, jogando a toalha com opiniões pessimistas, aí já é demais! Como bem colocaste, o Avaí tem sim um bom elenco e pode reverter a situação, mas, claro, para isso tem que mostrar um futebol digno de quem esta lutando por um Trí campeonato!

vamo vamo Avaí !!!!!!!!!

Chuleta Avaiana disse...

Grande Dinho, que bom que recuperou seu computador! Não podemos nos entregar nunca. Somos eternos avaianos e vamos em busca do tri. Um abraço da Chuleta Avaiana.