quarta-feira, 13 de abril de 2011

Bastidores !

O Leão estará em campo hoje a noite (12) sem a presença do craque Marquinhos, que segundo informações do site do Avaí, foi cortado por apresentar um desconforto muscular. Silas antes da viagem, quando questionado sobre a ausência do jogador avaiano, explicou:
Decidimos deixar o Marquinhos porque é melhor perdê-lo por um jogo, do que para as etapas decisivas do catarinense. É natural ele querer alguém ao lado. Tanto que eu coloquei o Marquinhos Gabriel nesse jogo que passou. Também tem a questão da preparação física. O Marquinhos ainda não está 100%, por isso também precisa de uma companhia agora. Daqui há pouco, ele pode fazer isso sozinho.
Nosso treinador não iria polemisar; contudo, acreditamos que Marquinhos tenha recebido algum tipo de punição. Além de não estar apresentando seu futebol de outrora, anda falando demais, criticando o planejamento avaiano e profissionais do clube, que segundo ele, não assumem sua parcela de responsabilidade pelo baixo desempenho da equipe.
Ainda viemos pagando por uma situação do começo do ano, uma pré-temporada que empurramos com a barriga e muitos jogadores, e eu sou um deles, estão sofrendo com isso. Só que a torcida quer saber do resultado final. Eu mesmo dou a cara para bater. Não tenho medo e assumo. Mas, às vezes, faltam algumas pessoas assumir a sua parcela de culpa. É muito fácil trazer o Marquinhos de volta e jogar toda a responsabilidade nas costas dele, relata o jogador.
Estranho mesmo é o treinador relatar que Marquinhos ainda não está 100% na sua condição física, sendo que já estamos praticamente na metade do mês de abril, isso definitivamente não tem explicação. Quanto ao craque azurra, acreditamos que deveria falar menos e jogar mais, já que suas últimas apresentações não justificam seu discurso. Seu comportamento e suas declarações só servem para deixar o ambiente interno mais conturbado e carregado.
A partir do momento que seu futebol voltar a aparecer, com certeza a equipe avaiana ganhará mais qualidade e força nas competições. Como explicaram os treinadores Carlos Alberto Parreira e Joel Santana, que citamos no post "Esquema tático !", se as peças não estiverem adequadamente colocadas, ou não renderem o esperado, não tem esquema tático que solucione o problema.
Por fim, esperamos que os problemas fiquem do lado de fora do campo, e que nosso time do coração alcance um bom resultado diante da equipe do Botafogo. “Vamo, vamo, Avaí”

4 comentários:

Dinho disse...

É isso o que mais me dói! Como torcedor fiel, tá difícil engolir toda essa sujeira nos bastidores da Ressacada, onde nós estamos fazendo papel de bobos da corte, enquanto a cariocada e mais uma meia dúzia (ou mais) de jogadores se divertem no Reino Da Ressacada.
Que Deus nos ajude hoje (como sempre tem ajudado!) para que dentro de campo, os jogadores que lá estiverem possam honrar o manto Avaiano, na busca de um bom resultado!

VAMO VAMO AVAÍ!!!!!!!!

Chuleta Avaiana disse...

Dinho, sua dor é compartilhada pela equipe da Chuleta Avaiana, pode ter certeza! Um abraço da Chuleta Avaiana.

Profeta Avaiano disse...

pelo adiantado do ano, até eu, com meu físico de jogador de xadrez aposentado, já estaria em condições.

Chuleta Avaiana disse...

Amigo Profeta, tem algumas coisas na Ressacada que nem Sigmund Freud explica. Um abraço da Chuleta Avaiana.