quarta-feira, 4 de maio de 2011

M10, muita paixão e pouco futebol!

Convenhamos, Marquinhos chorou, declarou juras de amor pelo Leão, mas desde a pomposa volta do galego, ainda não vislumbramos uma apresentação digna do nosso camisa 10. Em que pese os dois "passes" dos gols da eliminação do além das pontes, é preciso reconhecer que até o momento o galego não foi nem sombra daquele maestro de 2008/2009, ou mesmo daquele jogador guerreiro do Santos em 2010.

Para quem acompanhou alguns jogos do Santástico na temporada passada, deve ter percebido que Marquinhos era um atleta além de técnico, extremamente marcador. Era comum ver o galego dando carrinho próximo a defesa do seu próprio time e literalmente ralando o bumbum no chão na dividida com seus adversários, coisa que no Avaí não se vê.

Muitos vão nos criticar por colocar em xeque nosso principal ídolo, mas a verdade precisa ser dita. Na atual temporada, o galego pouco apresentou, já foi substituído em alguns jogos e até mesmo, sua ausência no confronto diante do Botafogo no Rio de Janeiro não foi sentida. Além disso, no jogo de volta, causou o tumulto que resultou na punição pelo STJD, pois o próprio jogador admitiu que falou para Loco Abreu "chupa gringo".

Se o atleta não está na sua melhor forma física, então que seja poupado. É só fazer uma retrospectiva, desta temporada, quando Marquinhos desequilibrou? O gol de falta em Itajaí foi um lance de sorte. No clássico? Duas bolas alçadas aleatoriamente na área, as quais também poderiam ter resultado em nada. Aliás, o aproveitamento nas cobranças de bolas paradas tem sido uma de nossas maiores deficiências. Para fechar, em Chapecó, também caminhou em campo, visivelmente.

Portanto, seria bom o galego aflorar esta paixão azurra e colocá-la dentro do campo, pois vivemos de futebol e vitórias, não somente de declarações bombásticas que tiram o foco da realidade.

5 comentários:

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

Concordo com o texto. Mas, como bom Avaiano, acredito que nosso M10 vai espantar essa "zica" e voltar a nos dar muitas alegrias!

Vai Prá Cima Deles Leão!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

No santos ralava a bunda pois não era intocável no elenco.
Tá na hora da torcida para com esse protecionismo chato.
Não nego a importância muito menos sua posição de ídolo, mais desde que retornou vive do passado e como diz nosso hino a hora é presente.
Se arrasta em campo e fala mais que o homem da cobra.

Pra finalizar, como diria romário, de boca fechada é poeta.

Abraços

Jonas

Chuleta Avaiana disse...

Dinho, acreditamos que é isso que todo torcedor avaiano deseja. Um abraço da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Jonas, esperamos que nosso craque pare de viver do passado e comece a apresentar seu belo futebol, pois isso todos nós sabemos que ele tem. Um abraço da Chuleta Avaina.

Anônimo disse...

Pra mim está mais do que na hora de dar um banquinho pro Marquinhos, pois não está fazendo por onde para ser titular, quem sabe com a reserva ele se esforce e volte a ser o M10 que precisamos.