quinta-feira, 2 de junho de 2011

"Brasil " - Avaí, mostra a tua cara!

Agenor de Miranda Araújo Neto, ou simplesmente Cazuza, foi um cantor e compositor brasileiro que ganhou fama como vocalista e principal letrista da banda Barão Vermelho. Em apenas nove anos de carreira, deixou 126 canções gravadas, 78 inéditas e 34 para outros intérpretes. Cazuza tornou-se um dos ícones da música brasileira da década de 1980. Dentre seus sucessos musicais em carreira solo, destacam-se "Exagerado", "Codinome Beija-Flor", "Ideologia", "Brasil", "Faz Parte Do Meu Show", "O Tempo Não Pára" e "O Nosso Amor A Gente Inventa".

Atravessamos um momento de plena indignação com os acontecimentos no sul da ilha. Parece que os transtornos do ano passado não serviram de lição, e estão fazendo pior, para desta vez conseguirem levar o Avaí de volta à segundona do brasileiro. Temos uma diretoria omissa, jogadores sem comprometimento e até ídolo se colocando na vala comum, onde atletas sem escrúpulos e traíras costumam acabar os últimos dias de sua carreira.

Fazendo uma adaptação da música "Brasil", queremos chamar a atenção para uma situação gravíssima, a qual deverá culminar com nosso rebaixamento. Na Ressacada, Não me convidaram/Para esta festa pobre/Que os homens armaram pra me convencer/A pagar sem ver/Toda essa droga/Que já vem malhada antes de eu nascer. As mentes brilhantes do sul da ilha, estão fazendo uma grande festa com a venda de atletas e deixando o clube às moscas.

Ao invés de afastar a nação azurra do estádio, exigimos: Avaí/Mostra a tua cara/Quero ver quem paga/Pra gente ficar assim/Avaí/Qual é o teu negócio?/O nome do teu sócio?/Confia em mim. Existem muitas coisas acontecendo de errado dentro do outrora caldeirão, mas que tem permanecido eternamente em sigilo. Jogadores aparecem do nada e vão embora deixando o clube sem qualquer retribuição. Enquanto isso, o torcedor segue sofrendo as consequências.

Por fim, parece que ainda não entenderam que a paixão alviceleste é muito maior que qualquer administrador que esteja a frente do clube azurra. Entretanto, continuam maltratando o apaixonado torcedor e jogando o Avaí Futebol Clube num poço com fim, a temida segunda divisão em 2012. Grande Avaí desimportante/Em nenhum instante/Eu vou te trair.

7 comentários:

Ricardo Wiese Zacchi disse...

Excelente comentário amigos! Esse é um post que todo o torcedor avaiano que freqüenta o estádio, todo aquele que paga sua mensalidade em dia, todo aquele que economiza o mês todo para ver apenas 1 jogo, todo aquele que não vai ao estádio porque não pode, mas cola no radinho ou na TV em postos de gasolina para acompanhar seu time do coração, enfim, que todo o torcedor avaiano, sem exceção, deveria ter conhecimento. Porque a nação avaiana (nas proporções da população da grd Florianópolis), parece um gigante adormecido, que não reage aos casos e descasos com seu time do coração. A Reclamação da torcida é uníssona, mas sem manifestação efetiva, vivendo – talvez – num torpor dos acontecimentos recentemente (acesso e permanência na Serie A), na esperança otimista de que o futuro tudo dará certo ou, na equiparação desta torcida sofrida, com a célebre poesia da época de ditadura de Eduardo Alves da Costa: “Tu sabes, conheces melhor do que eu a velha história. Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem: pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada.” Então meus amigos, não esperemos a derrocada do time à serie B para operar o câncer em processo de metástase no sul da ilha. Temos e devemos – do mesmo jeito que apoiamos um simples treino com 3000 pessoas – cobrar a postura de nossos dirigentes com aquela que entendemos corretas, refletindo na administração os anseios da torcida, para que no fim, não soframos com idéia de que tivéssemos agindo antes, poderíamos salvar nosso time do coração.

Mayara disse...

Nossa, o melhor post até hoje... muito bom! parabéns!!

Anônimo disse...

Acho que nem é preciso dizer nada. O post já disse tudo! Mas, até quando teremos que suportar essas indiferenças e desrespeito? Ninguém esta pensando no torcedor, infelizmente!
Parabéns ao blog e ao autor pela excelente exposição.

Chuleta Avaiana disse...

Prezado,

É fácil se manifestar pelas redes sociais, entretanto, nossas manifestações devem atravessar esta fronteira, pois após o rebaixamento, só nos restará lamentar!

A torcida só se transforma no maior patrimônio na hora do desespero, vide 2010. Depois que a torcida salvou o time do rebaixamento, fomos novamente expulsos da Ressacada.

Realizaram "promoções" ridículas, que são muito mais prejudiciais aos sócios, do que propriamente benéfica aos torcedores.

Não queremos incentivar de qualquer maneira a violência, mas precisamos agir de maneira mais ativa, pois já notamos que apenas reclamar não tem surtido efeitos.

Abraços da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Mayara,

Obrigado pela participação. O post é um mero reflexo da indignação da nação azurra.

Abraços da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Nobre Anônimo,

Estamos sendo tratados simplesmente como $$$. Nossos sentimos não são levaos em conta e a história do Avai está sendo jogada pelo ralo.

É o contrato com a Fanatic; jogadores como Alysson, Robinho, o cunhado do Fernandes; "comissão técnica", tudo negociado sob um manto obscuro e inexplicável.

Até que ponto estas negociações estão sendo benéficas ao leão? Temos muito medo de saber a resposta, isso poderia afastar ainda mais o torcedor do estádio.

Abraços da Chuleta Avaiana.

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

Belo post! Mas, quanto negativismo nos cometários hein... Calma gente! também estou indignado, sou sócio, porém estão começando a vir reforços, se vai dar certo ou não ainda não sei, não sabemos! Só temos que esperar, confiar... Protestar também vale a pena, mas, numa boa!

ET : Parece que Silas recebeu uma proposta do catar (aonde está nosso ex-técnico Péricles Chamusca), bem que ele poderia aceitar né? Aí fariam uma troca, Silas iria, e voltaria Chamusca, que sempre achei bom técnico!
Vamos Ver!