terça-feira, 30 de agosto de 2011

Declaração de amor - Parte II


Lembra da "novela mexicana", protagonizada pelo Sr. Delfim Pádua Peixoto Filho ? O todo poderoso da Federação Catarinense de Futebol parece não ter gostado da ação do Ministério Público Federal...

Como diria Miltinho Cunha: coisa pro cara rir!

Setinha no play e som na caixa, torcedor !



3 comentários:

Serjão Jr disse...

Quem tanto lutou por liberdade de expressao, hoje do outro tenta calar uma naçao. Vergonha!
Perdeu Delfim pela palhaçada, perdeu a RB$ que nao estava preparada para festa Avaiana, perdeu jorginho por nao fica de boca calada. Claro, sem contar o mau humor de muitos de nossos coleguinhas da midia regional.
Valeu esperar a estréia de Lincoln. Como havia mencionado anteriormente lógico que o queria em jogos anteriores, mas Lincoln teria que ser preparado para o clássico. Fez o que deles esperávamos, mesmo não estando 100% nosso 99 foi pro jogo, marcou gol, deu passes perfeitos e enquanto esteve em campo, fora o excepcional Willian foi o dono do jogo. Lamentável é Flávio Roberto, talvez para fazer média com o time magoado, escolheu o meio campo deles. Se o escolhido fosse o goleiro até aceitaria. Afinal, foi cinco defesas espetaculares que evitou o Avaí sair na vantagem de no mínimo cinco gols.

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Esse Delfin tá gagá mesmo!!!!!
E o pior, é que nosso futebol é que paga por isso...

Beto_Gabira disse...

Eu não sei monde pedir o Fora Delfin e fora |Ricardo Teixiera, é ximgar, pra mim esse é um baba ovo, fdp, agora podemos ir cada um com uma letra na camisa, e lá juntarmos com os dizeres, Fora baba ovo da CBF.