sábado, 26 de maio de 2012

AVAI: Nem o WikiLeaks desvenda a "confidencialidade"

De acordo com a Wikipédia, o WikiLeaks é uma organização transnacional sem fins lucrativos, sediada na Suécia, que publica em seu site, posts de fontes anônimas, documentos e fotos confidenciais vazadas de empresas e governos.

O jornalista, ciberativista e editor do site, o australiano Julian Assange, certamente encontraria facilidades em divulgar informações oriundas do sul da ilha, afinal, a Ressacada é um vulcão em plena atividade, no que tange à informações cedidas pelo tal X9.

O grande problema seria conseguir desvendar as tais "cláusulas de confidencialidade", às quais são imbutidas de forma unilateral pelo mandante do Leão. Afinal, muitos devem lembrar do goleiro Renan, que o Avai não informou o valor da negociação, mas o Corinthians, sim!

Além disso, é preciso interpretar as entrelinhas, pois o turbilhão de informações é grande. Aquele velho ditado de que no futebol "uma verdade não dura 24 horas", na Administração Azurra é fulminado a cada extrevista "exclusiva" para a TV gaúcha.

Portanto, acredito que nem mesmo o WikiLeaks conseguiria desvendar a "rede" de informações alviclestes, restando, apenas, consultar as fontes nem tão anônimas. Aliás, o Avaí não é o editor de texto Word, mas o que tem de fonte é uma grandeza. "Vamo, vamo, Avaeee"!

2 comentários:

Serjão Jr disse...

A blogosfera Avaiana esta apavorada com a tal clausula, inclusive fiz um post hoje sobre isso. http://sergionativo.blogspot.com.br/2012/05/sonda-no-ar.html

Chuleta Avaiana disse...

Tá feia a coisa. Onde foi parar a tal da transparência? O torcedor está sendo esquecido. Esperamos que dentro de campo, ao menos, nosso time corresponda. Um abraço da Chuleta Avaiana.