quarta-feira, 6 de junho de 2012

Assaltos são os preços praticados!

Manchete na mídia local: "Loja do Avaí vai fechar no Centro por causa da violência em Florianópolis"...

Estranhamente anunciaram que a loja estará fechando em virtude da violência que assola nossa cidade. Digo estranho, pois se os assaltos fossem o único motivo, certamente, 90% do comércio localizado no centro da cidade estariam fechados. Posso estar errado, mas em todo este tempo de atividade, na mídia, só foram divulgados dois arrombamentos.  

Ademais, a violência atinge a Grande Florianópolis e não apenas o centro. Por outro lado, o time mais vezes vice-campeão do Estado consegue manter três unidades abertas em diferentes localidades, mesmo enfrentando os problemas cotidianos que o clube azurra enfrenta diariamente. Será que a violência urbana não está servindo de mera desculpa?

Convenhamos, a primeira loja do Avai havia sido inaugurada próximo ao Ceisa Center, local com grande fluxo de pessoas, mas posteriormente, foi transferida para o atual endereço na Padre Roma. É preciso reconhecer, a loja é mal localizada, as pessoas, quando conseguem, precisam estacionar em cima das calçadas, gerando atritos com pedestres. Além disso, o Avai aplica preços europeus em uniformes confeccionados aqui no quintal de casa.

Em virtude dos preços exorbitantes, o avai já realizou alguns Bazares - liquidação pra esvaziar estoque, sabe? - tudo premiado pelo ISO 9001. Portanto, a torcida está cansada de avisar, faltam materiais nas lojas; muitos são de qualidade duvidosa e o "planejamento administrativo" alviceleste, ninguém entende como é feito, afinal, quem depende de torcida?

Daqui a pouco, vão fechar a loja localizada na Ressacada - a Store, não a do João - alegando que os funcionários não suportam mais o barulho dos aviões! Vai duvidar.....

3 comentários:

Serjão Jr disse...

Os preços dos materiais esportivo da Fanatic não estão caro, só estão sendo vendidos no continente errado. Que tal vender em dolar na Europa?
O proximo presidente que assumir tem que fazer uma auditoria urgente. Uma é saber os lucros que obtivemos com Gabriel Zunino empresariando jogadores da base e esse contrato com a Fanatic que vende produto de loja de fundo de quintal a preço de primeiro mundo. Quanto o Avai ganha com isso?

Everaldo disse...

Fizeram um monte de besteira, gastaram demais com um monte de jogadores pra ficarem só no comes e bebes agora estão fazendo contenção de despesa onde não deve.Se tivessem feito um planejamento financeiro correto não estariam com estas dificuldades agora.
Abç.
Everaldo

Chuleta Avaiana disse...

Prezado Sérjão,

São inúmeras questões que precisam ser esclarecidas. Além disso, o requerimento protocolado não teve retorno e ao meu ver, seria necesário recorrer a via judicial para que as "cabeças pensantes" se mexam! A diretoria está acomodada, pois conta com a omissão do conselho. Portanto, deveríamos seguir o exemplo da torcida bugrina - Guarani/SP - e agir ativamente para não amargarmos um 2013 muito pior.

Abraços.