quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Empresa local, mas preços internacionais...

Por: Sandro Azevedo*

Salve Alvicelestes,

Inicialmente ressalto que, não pretendo com este texto criticar a Fanatic (apesar da preferência por grandes marcas...), mas os preços abusivos praticados por terceiros, com a conivência da diretoria avaiana. Alguém poderia me explicar como lojas do ramo esportivo em Florianópolis, conseguem vender alguns materiais oficiais do Avaí com preços mais baixos se comparados com os mesmos vendidos nas lojas Avai store? Já tentei buscar diversas explicações, mas prossigo com esta incógnita. Ora, das duas, uma, ou estas lojas que citei estão trabalhando no negativo, ou as lojas oficiais do Avaí estão tendo lucros exorbitantes às custas de nossa torcida. Particularmente fico com a segunda opção.

Eu gostaria de adquirir muito mais materiais do Avai, mas os preços me impedem de exercer este direito. Alguns simples exemplos, comprei um agasalho da Nike – conjunto, calça e jaqueta forrado – pelo valor de R$ 168,00 (cento e sessenta e oito reais), na loja do Leão, um conjunto de agasalho, na minha visão, com qualidade inferior, custa R$ 270,00 (duzentos e setenta reais). A camisa de mesa de xadrez, inicialmente foi vendida por míseros R$ 139,00 (cento e trinta e nove reais, depois fizeram uma promoção para esvaziar o estoque. Agora a camisa do goleiro Renan segue a mesma linha, o Avaí colocou ao preço irrisório de R$ 139,00 (cento e trinta e nove reais), isto é um duplo desrespeito ao torcedor, o Avaí usa a política do morde e depois assopra, pois coloca o preço lá em cima – muitos torcedores na emoção, embalados pela paixão compram – o estoque fica lotado e depois acabam vendo a mesma camisa sendo vendida pela metade do preço.

O Palmeiras está vendendo a camisa do Valdívia pelo valor de R$ 59, 90 (cinqüenta e nove e noventa); O Botafogo fez uma camisa comemorativa ao “loco Abreu” R$ 69,00 (sessenta e nove reais); na internet é possível encontrar camisas oficiais de Barcelona, Manchester (só marca ruim, Nike e Puma) pelo valor de R$ 69,90 (sessenta e nove e noventa). Se os uniformes são feitos aqui em Santa Catarina, porque os valores se tornam tão caros?? Outro dia questionei a ouvidoria do Avaí e me responderam apenas que a loja é terceirizada e possuí autonomia para atuar de sua maneira!! Em outras palavras, o Avaí não quer se incomodar e o torcedor que se dane! Importante notar ainda que, além dos preços abusivos, faltam diversos materiais, nas variadas linhas, portanto, deixa o torcedor de exibir o amor pelo seu clube, conseqüentemente deixa o Avaí de receber mais recursos e a diretoria faz vista grossa para toda esta situação, pois é impossível que não saibam que estes problemas estão ocorrendo constantemente.

Portanto, se é para ter material fabricado no quintal de casa, para ser vendido como importado, então prefiro fechar com uma marca de peso, uma Nike, Puma, Umbro, sei lá, mas alguma que justifique os preços aplicados e empurrados goela abaixo ao torcedor avaiano.

Um abraço.

*Sandro Azevedo é advogado, sócio e torcedor do Avaí. Jogador muito amador, mas sempre leal do time Traíras. Também conhecido pelo pseudônimo Coelho, foi convidado especial para assistir (na torcida do time da casa) de corpo presente Chororo 1 x 7 tricolor, uma noite inesquecível.

Obs: O artigo não reflete, necessariamente, a opinião do Blog da Chuleta Avaiana.

5 comentários:

Bruno Carvalho - Resistência Avaiana disse...

É nobre,

Coisas do Departamento de Licenciamento do clube...

Já havia detectado isso a muito tempo atrás, antes mesmo de ver o boneco do Silas sendo vendido pela metade do preço no site do fabricante...

É um desrespeito sem limite com o torcedor, onde é que já se viu querer cobrar R$ 140,00 numa camisa da Malharia Nossa Senhora?

O Avaí aprece que nunca aprende...

Abs

Sergio disse...

Isso beira o ridículo. Fico envergonhado com os amigos que me presenteiam com a camisa de seus clubes preferidos e não posso fazer o mesmo. O caras pagam pela camisa de qualidade superior e de clubes de tradição no maximo r$60,00. Eu para presentear pago o dobro. Mas sem graça eu fico mesmo, isso de forma inexplicável são os preços abusivos, faltam diversos materiais, nas variadas linhas. Não contente assumem que estão em falta, mas o material esta a caminho. Passa uma semana nada. Vão ao estádio, passam na loja e nunca tem o material, se tem, só tem em números menores. Os caras voltam para suas cidades me zoando. É dose!

AZEVEDO disse...

Sorridente Avaiana,

Não é fácil, a campanha de nosso time nos faz ri à toa, mas nas questões de relação com o torcedor, o Avaí chutou o balde! O preço é esse, se quiser comprar, compre...senão quiser, eu pego e dou de presente para meus puxa sacos! Talvez um abaixo assinado,levado ao conhecimento da diretoria, poderia abrir os olhos deles....

AZEVEDO disse...

Em tempo,

Prezado Bruno, desculpe, eu havia lido apenas AVAIANA, foi mal, depois vi seu nome.

AZEVEDO disse...

Sérgio,

Eu mesmo já falei para minha esposa, não compre presentes na loja do Avaí, se eu gostar de alguma coisa e achar que vale a pena, eu adquiro. Os preços não são apenas altos, as diferenças são exorbitantes se comparadas com marcas de reconhecimento internacional!