quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Renan, a primeira derrota....

Por: Sandro Azevedo*

Salve Alvicelestes,

A nação avaiana está vivendo um êxtase permanente, subimos mais um degrau histórico e o 1º de Setembro promete ser um dos aniversários mais comemorados de todos os tempos. O jogo de ontem, assim como geralmente são os confrontos do leão, foi repleto de emoção do primeiro ao último minuto. Entretanto, o time praiano decretou a primeira derrota do goleiro Renan no time profissional avaiano, isso é normal, outras derrotas acontecerão, faz parte do esporte, da competição, mas um detalhe chama a atenção, nosso goleiro não voltou o mesmo depois de vestir a amarelinha.

Antes que alguém distorça o que estou falando, ressalto que não se trata de uma crítica, mas uma mera observação, alguém precisa conversar com o garoto para evitar maiores prejuízos na sua carreira no Avaí. Já percebi alguns comentaristas falando do Renan sobre falhas - e qual goleiro que não falha? – o nosso arqueiro estava atravessando uma excelente fase, sempre seguro, bem posicionado, mas diante do Corinthians se mostrou inseguro em alguns lances, lembrando o esquecível Paes.

Na noite de ontem os erros voltaram a se repetir, apesar de não ter sido tão exigido pelo time santista e também não ter qualquer culpa no gol sofrido . Não sei se é nervosismo, por encarar dois grandes jogos em sequência, salto alto tenho certeza que não é, contudo, algo está diferente, nosso goleiro depois que retornou da seleção não tem sido o mesmo. O mais importante é que temos dois excelentes defensores de meta, e isso nos deixa mais tranqüilo, sabendo que nossa caminhada até o fim do ano é longa e árdua.

Entretanto, o futebol é feito de paixão e se as falhas se tornarem repetitivas, certamente a cobrança da torcida vai ser muito forte e isso pode afetar psicologicamente nosso selecionável. Nos jogos do leão tem sido comum ouvir críticas a diversos jogadores, mas percebo que são torcedores do oba-oba, que só aparecem em dias de grandes jogos, quando o time está por “cima da carne seca” e fazem críticas irresponsáveis, alguns chegam ao cúmulo de criticar e depois perguntar “quem é este jogador?”. Ora, o verdadeiro torcedor conhece seu plantel de guerreiros e sabe quem tem crédito, quem tem compromisso com nosso manto, quem honra nossa nação, mas num momento de emoção, outros torcedores se deixam levar por comentários levianos e assim podemos afetar drasticamente a atuação de nossos leões.

Portanto, fica a dica, Renan é um baita de um goleiro, um dos melhores que já vi atuar no Avaí, é uma jóia rara que pode render uma boa poupança ao Leão, alguém precisa ter uma conversa no pé do ouvido para saber o que está acontecendo, ontem a derrota não trouxe maiores prejuízos, mas daqui em diante os campeonatos começam a afunilar, e nosso arqueiro – futuro campeão olímpico – é novo, apenas precisa aperfeiçoar alguns fundamentos e readquirir a confiança que o levou a titularidade de um dos melhores times do Brasil neste segundo semestre!

Um abraço.

Foto: internet

*Sandro Azevedo é advogado, sócio e torcedor do Avaí. Jogador muito amador, mas sempre leal do time Traíras. Também conhecido pelo pseudônimo Coelho, foi convidado especial para assistir (na torcida do time da casa) de corpo presente Chororo 1 x 7 tricolor, uma noite inesquecível.


Obs: O artigo não reflete, necessariamente, a opinião do Blog da Chuleta Avaiana.

4 comentários:

Sergio disse...

Renan estava atravessando uma excelente fase, sempre seguro, bem posicionado, mas diante do Corinthians se mostrou inseguro em alguns lances, lembrando o esquecível Paes. Perfeito, assino em baixo. Inclusive a lembrança do Paes. Isso serve de alerta. Esse detalhes comentamos entre amigos, nos dois jogos. Mas nada que possa ser superado, nem perto dos frangos e falhas do time de segunda. Mas, segunda é Segunda, estamos tao bem que começamos a achar alguma coisa errada, passamos a ser exigente demais com tanto sucesso Avaiano.

Thiago D. disse...

Na minha opinião o camisa #1 do Avaí é o Zé Carlos!

AZEVEDO disse...

Sérgio, com certeza nossos goleiros são melhores, nossa torcida sabe reconhecer os méritos de nossos jogadores, mas que o Renan está diferente...está.

AZEVEDO disse...

Prezado Thiago,

O problema é que o Renan estava atravessando a melhor fase e inclusive foi convocado para seleção...como menter o garoto no banco? Eu particularmente fico bem dividido entre os dois...estão muito bem servidos de goleiros.