segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Desrespeito e revolta, no Setor " D "

Além do despreparo de muitos administradores avaianos, que em 2011 fizeram de tudo para afundar o leão da ilha, com atitudes hostis em relação a torcida e erros bisonhos que afetaram diretamente a equipe dentro de campo, ainda foi preciso parte da nação azurra sofrer com mais um desrespeito absurdo neste último domingo. Um fato que já havia acontecido no duelo contra o Botafogo, voltou a se repetir na partida de ontem, mas em dose dupla!

No confronto contra a equipe carioca, no intervalo entre o primeiro e segundo tempo, a torcida que estava sofrendo com um sol escaldante, foi surpreendida com a falta de água mineral nos bares do setor “ D ”. Desta forma, passamos a segunda etapa inteira sem poder beber um gole de água e quem quisesse saciar a sede, teria que recorrer as torneiras dos banheiros. Entretanto, ontem, a situação foi muito pior, antes de começar o duelo contra o Santos, já havia acabado a água no bar do Setor “ D ”, um verdadeiro despreparo, mães, filhos, enfim, todos sem água.

No intervalo da partida, tinha um torcedor passando mal, então, os vendedores do bar do setor citado, conseguiram garrafas de água na rua, mas se aproveitaram da situação para cobrar a exorbitante quantia de R$ 4 reais por cada garrafa! O torcedor paga R$ 95 de mensalidade, passa calor e ainda é explorado por um terceirizado dentro do estádio. Este fato já estava causando revolta em boa parte da torcida, mas ficou ainda pior, quando percebemos que nos banheiros também não havia água, ou desligaram os registros.

Alguns torcedores, encontraram uma porta aberta , sendo localizada uma caixa d’água de 5 mil litros quase transbordando e no sofrimento do calor, acabaram lavando os rostos, as mãos, além de alcançar água para crianças, idosos e mulheres, as quais não estavam suportando o sol intenso que castigava boa parte da nação azurra. Portanto, 2011 será um ano de muito trabalho e diversas correções, pois caso o resultado do jogo fosse negativo, isso poderia ter gerado um problema gravíssimo. É inadmissível lotar o estádio e não oferecer condições mínimas ao torcedor, deixar faltar água é o cúmulo do desrespeito. Para os homens, a situação ainda é contornável, mas as mulheres, crianças e idosos, como ficam?

Abre o olho Avaí!

6 comentários:

André A. Müller disse...

Pessoal, eu e minha namorada tivemos que sair no intervalo do jogo justamente por este problema de água.

Ficamos no setor D inferior e ela não estava muito bem, fui buscar água no setor D e não encontrei, nem no banheiro...

Decidimos ir embora pois ao menos moramos próximos da ressacada, entretanto outra vergonha, não haviam saídas no setor C, D e E.

Me indicaram que eu deveria procurar um segurança para poderem abrir o portão para mim, um absurdo.

Depois de muita conversa, nos permitiram pular a catraca de entrada no setor E. Uma vergonha.

Irei enviar estes comentários no site, só não sei se irão nos escutar...

Um abraço!
André

Sandro disse...

No Setor A, no banheiro ao lado do bar da ASSTA no intervalo também não tinha água.
Pode ter sido um problema no estádio inteiro ou desligaram mesmo.
Saudações Azurras,
Sandro

Chuleta Avaiana disse...

`Prezados amigos,

Foi uma cena lamentável, e pior, já havia acontecido contra o Botafogo!

O pessoal do bar é uma vergonha!! Compraram dois fardos de água?? Quanto despreparo, um calor daqueles, é muita irresponsabilidade. Por sorte, a festa serviu para amenizar a situação.

Abs.

Sergio Junior disse...

O Avai errou o ano todo. Isso é mais um erro. O pior que ninguem da satisfaçao. Afinal, O problema foi no estádio inteiro ou desligaram. Isso nunca saberamos. Tambem nao sei porque falta material esportivo nas lojas do Avai FC. Uma bagunça! Quiz e quero comprar 2(duas) camisas G para presentear um amigo que vai para o exterior. Simplesmente sumiram das lojas. Quer dizer o material é caro, de segunda, feito em SC, mas nao é encontrada em nenhuma loja em Florianopolis. Que falta de organizaçao!

JAISON EDUARDO disse...

Além disso o outro bar vendia somente "picole" é mole???sem trocadilho é muito amodorismo mesmo parece que não gostam de ganhar dinheiro né Zuzu!!!!

Chuleta Avaiana disse...

Sérgio,

Esta palhaçada da Fanatic é outra coisa que tem que ser revista. Estive no treino sábado pela manhã, tentei comprar sandália para meu filho, nao tinha numeração.

Vi pessoas querendo adquirir camisas entre outros materiais e também não encontraram!

Se a fabricante é local, como explicar tanta falta de material esportivo?

Agora que as coisas estão mais calmas, chegou o momento da cobrança. A diretoria deve muitas explicações!

Abs.