segunda-feira, 11 de abril de 2011

A eliminação é uma questão de tempo!

Na tarde deste domingo, o Avaí enfrentou o limitado e fraquíssimo Marcílio Dias, aliás, no estadual não tem qualquer bixo papão, e pior, o futebol está nivelado por baixo, todavia, mesmo assim, levamos sufoco. Em apenas duas rodadas não tomamos gol, na goleada em Imbituba e na partida contra o Metropolitano em Blumenau, nos demais jogos, sempre tivemos nossa meta vazada, parece várzea. Um dos melhores, senão o melhor plantel do Estado, vai jogar a última rodada precisando vencer o Concórdia, pois dependendo de uma combinação de resultados, podemos nem chegar nas semifinais.

No primeiro tempo, parecia que a mudança do esquema tático transformaria a equipe, mas infelizmente, no decorrer da partida ficou comprovado que estamos muito aquém de um time profissional que disputa a Série A. Criamos diversas oportunidades; contudo, marcamos apenas um gol. Num erro de arbitragem, acabamos tendo nossas redes mais uma vez balançadas; entretanto, nossos jogadores parecem juvenis e ninguém chega no árbitro para meter uma pressão.

Já no segundo tempo, o marinheiro começou pressionando, assustando Renan em três chances de falhas bisonhas de nossos zagueiros e posicionamento do grupo em campo. É difícil analisar a parte final do jogo, pois foi medíocre. Simplificando, aos 45 minutos da etapa final, uma falta fora da área, mas que a arbitragem levou uma eternidade para marcar, causou confusão, mas acertadamente, assinalaram na entrada da grande área e o Galego, aproveitou o tumulto na frente do goleiro e marcou o gol da vitória azurra.

Sinceramente, não valeu nem pelos três pontos. Se colocar numa balança, ficamos numa dúvida aterrozinante, afinal, o que seria melhor, ser logo eliminado e fazer novo planejamento para o brasileirão ou classificar, enfrentar novo clássico, desta vez no campo além das pontes e sofrer a eliminação acompanhada de um vexame? Nosso treinador está perdido, a diretoria se cala, os jogadores não conseguem se impor em campo e a torcida segue sofrendo as consequências de um péssimo planejamento.

5 comentários:

Profeta Avaiano disse...

o meu único alento é saber que esse ano o figayrense também cairá para B...

Dinho disse...

Foi decepcionante! 3 5 2 ou 4 4 2... continuam os mesmos erros! Era só o Marinheiro passar do meio campo (e estava fácil isso), que nó torcedores já entrávamos em desespero. Bola aérea na nossa área então, era de fechar os olhos e rezar! A coisa tá feia!
Aliás, falando em rezar, eu rezei mesmo para o Avaí fazer o 2º gol, e Deus foi justo (porque na minha opinião, foi pênalty sim!)e abençoou o galego pra fazer aquele gol salvador.
Se jogamos mal assim contra o Marinheiro, como será contra o Botafogo e o time do estreito no estadual???

Chuleta Avaiana disse...

Prezado Profeta Avaiano,

Sinceramente, se o Avaí for rebaixado, nem a queda do Bgueira sercirá de consolo....

Abraços da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Grande Dinho,

Não basta mudar o esquema, os jogadores parecem jogar por obrigação....assim fica complicado...

Abraços da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Grande Dinho,

Não basta mudar o esquema, os jogadores parecem jogar por obrigação....assim fica complicado...

Abraços da Chuleta Avaiana.