sexta-feira, 29 de abril de 2011

"Felicidade !"

A música de hoje é cantada na voz de Fábio Correa Ayrosa Galvão, popularmente conhecido como Fábio Júnior ou Fábio Jr. O cantor também já atuou como ator e apresentador, e adotou o pseudônimo abordado para não ser confundido com o ator Flávio Galvão. O artista tem vários sucessos consagrados, e com certeza, Felicidade é um deles.

Não podíamos deixar de escolher uma música que falasse de felicidade, tendo em vista as últimas conquistas avainas. A canção de composição de Umberto Tozzi, cantada na voz do romântico cantor, traz consigo muito de um sentimento avaiano, que explodiu no último domingo (24).

Os torcedores avaianos estavam angustiados e preocupados. A equipe não vinha aprensentando um futebol convincente e tinha pela frente duas grandes decisões: a vaga às quartas de final da Copa do Brasil e a final do returno da competição catarinense. Eis que uma mudança de comportamento e decisões acertadas escreveram um final feliz para essas decisões. Um jeito, um gesto; Um golpe de ternura; E a vida volta logo pro lugar; Uma palavra é uma coisa dura; Só sentimento pode libertar...

Apesar da aflição e da angústia, das reclamações, dos pedidos e dos questionamentos, o torcedor soube esperar seu momento de poder festejar. Lembram do post "Se eu for falar de tristeza"? Lá escrevemos que não podíamos desanimar, que iríamos a forra no estádio do "tombense", e foi exatamente o que aconteceu. O tempo faz o jogo; Dos desejos; Eu sei que você sabe esperar; O dia amanhecer por entre os dedos; E aí saber que o sonho; É bom demais...
Quando a partida diante do Botafogo começou, estávamos com o coração na mão, e para piorar, próximo do final do jogo, ajudado pela inércia do nosso treinador, vimos nosso Avaí tomar o primeiro gol. Naquele momento, pensamos que iríamos sair derrotados; todavia, após a entrada de Estrada, a Ressacada, em um lance que resultou em pênalti, pode enlouquecer. Felicidade; Brilha no ar; Como uma estrela; Que não está lá; É uma viagem; Doce magia; E uma ilusão; Que a gente não escolhe; Mas que espera viver um dia...
Felizes com vitória na primeira batalha, um mar azul se dirigiu até o continente, no afã de ter sua felicidade elevada na potência "n". A aflição era ainda maior, pois estávamos longe de nossos domínios. Nosso Leão ergueu o peito e encarou nosso maior rival, e sem o menor constrangimento, deu números maravilhosos ao placar e adeus ao time do estreito. Felicidade; Brilha no ar; Como uma estrela; Que não está lá; Conto de fadas; História comum; Como se fosse; Uma gota d'água; Descobrindo; Que é o mar azul...
Que nosso Leão continue assim, firme, forte, valente e aguerrido, para que as conquistas não parem por aí. "Vamo, vamo, Avaí"

5 comentários:

Jamira disse...

Que lindo meu marido na foto...
kkkk

Chuleta Avaiana disse...

Sabíamos que iria gostar, Jamira! Um abraço da Chuleta Avaiana.

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

Belo texto! Bela música!
Como o mar azul, como o céu azul, como o Alviceleste Avaí!!!

Vamo Vamo Avaí!!!!!!!!!!!!!

Chuleta Avaiana disse...

Valeu, Dinho! Um abraço da Chuleta Avaiana.

Anônimo disse...

Meu post preferido ... e o autor continua sendo um poeta, como sempre..
Bela escolha, tudo haver com as belas vitórias do nosso leão. Estamos felizes sim, mas ficaremos mais, ainda, com uma vitória no domingo. Aí sim, estaremos, quase completos, aguardando somente a decisão final.