domingo, 3 de abril de 2011

TeimoSilas 0 x 1 Barbiecelona

Perder para nosso rival era uma questão de tempo, desde o consagrado clássico do créu. Após aquele jogo, tivemos outras oportunidades para diminuir nossa desvantagem na história dos confrontos, mas com exceção da Copa Santa Catarina, nos demais jogos, sempre estivemos mais próximos da derrota. Quando a situação era inversa, Leão na B e Barbies na A, em regra, sempre fomos humilhados, com derrotas vergonhosas durante anos, mas não conseguimos impor a mesma força e em pé de igualdade, novamente perdemos, dentro da Ressacada.

Depois da rídicula partida de Joinville, quando perdemos para um time fraco e com 4 desfalques, novamente voltamos a perder para o time alvinegro, o qual também contava com três desfalques, mas Silas tratou de igualar as deficiências, através da sua irritante teimosia. No primeiro tempo, tivemos algumas boas oportunidades, contudo, não era nada que empolgasse tanto a torcida. Da mesma formas, o time alvinegro quase não criou e o placar ficou igual, no zero a zero.

No segundo tempo, nosso técnico manteve Diogo Orlando que vinha fazendo uma péssima partida, como de costume. Logo no início, um fato extracampo, sinalizadores deixaram a partida parada durante 15 minutos. Quando o jogo reiniciu, tomamos mais um gol - fato que somente não aconteceu na vitória em Imbituba - mas tem sido uma triste realidade ver nossas redes balançando. A partir disso, foi um oba oba, Silas novamente não deu oportunidade para Estrada, tivemos um certo domínio territorial, mas efetivamente, não empolgamos e no sufoco tentamos o empate, o qual não veio.

Por fim, a nação azurra teve que aguentar mais uma noite de festa alvinegra no outrora caldeirão alviceleste. A política de preços adotada no sul da ilha, esfriou o estádio, os surdos mudos que se infiltraram na diretoria, estão de lixando para o torcedor, bem como, além desses problemas, nosso treinador resolver fazer "birra", o que era convicção se tranformou numa burrice irritante e sequer podemos reclamar, pois Silas e seus comandados se acham acima de qualquer crítica. Enfim, só nos resta lamentar e curtir as gozações, haja paciência!

5 comentários:

Anônimo disse...

creeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeuuuu

Anônimo disse...

CREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUUUUUU

Anônimo disse...

nenhum comentário sobre a ignorancia da nossa torcida ao fim do jogo? perdemos entao temos que descontar nossas frustrações apedrejando crianças... voces são condescendentes com essa atitude?

Chuleta Avaiana disse...

Prezado Anônimo,

Sobre as crianças, tem um post em especial prograsmado durante o dia. Uma situação lamentável, o futebol é festa e não violência.

A derrota já é passado, mas ver crianças machucadas, fruto da intolerância de "adultos", isso é inadmissível.

Abraço da Chuleta Avaiana.

Sergio Jr disse...

Apos 3 anos e 3 derrotas, enfim com a ajuda de Silas e Diogo Orlando ganharam uma batalha.
Tivemos 3 chances eles 1 chute e a vitoria.