segunda-feira, 4 de abril de 2011

Paixão é diferente de irracionalidade!

Neste domingo (03) maravilhoso de sol, tivemos o maior confronto de Santa Catarina, o único e verdadeiro clássico do Estado, entre Avaí e Barbiecelona. Assim como o jogo que se repetirá por gerações e gerações, lamentavelmente, a violência vem acompanhando os confrontos, atingindo pessoas das mais diversas idades. Devemos ter a consciência de que os jogadores passam, as diretorias também, o clube fica, mas por outro lado, as manchas de sangue e as tragédias nos campos estão afastando as famílias, quando não destroem algumas.

No jogo ocorrido em Criciúma com a equipe azurra, presenciamos o triste incidente ocorrido com o senhor Ivo, o qual perdeu a mão em virtude de uma bomba caseira, e recentemente faleceu por problemas de sáude. As mortes em jogos de futebol paracem cair na vala comum e as pessoas vão se acostumando com estas notícias no dia a dia; contudo, para quem gosta realmente de torcer, se divertir e presenciar bom futebol, estes fatos estão se tornando uma triste rotina.

Antes e depois do último clássico, foram registradas várias ocorrências de violência entre torcedores avaianos e alvinegros, chegando ao ponto de crianças serem atingidas por pedras, levando ao desespero os pais dos menores, que compareceram ao estádio apenas para fazerem festa e proporcionarem momentos de alegria aos seus filhos. Entretanto, imaginem o trauma de uma criança, que vai ao clássico e volta para casa com a cabeça inchada, fruto de uma pedra lançada por torcedor rival.

Estamos tristes com a derrota, mas ainda mais decepcionados com a violência ocorrida, pois nossa torcida é conhecida por sua cordialidade e educação, e fatos deste gênero não condizem com a conduta da grande massa avaiana. Esperamos que as câmeras instaladas na Ressacada tenham captado imagens dos infratores e marginais que agiram desta maneira, pois isto não é atitude de torcedor. Este tipo de pessoa deve ser banido do estádio, para que as pessoas de bem possa usufruir do espetáculo sem preocupação.

Registramos aqui nosso sentimento de repúdio e lamento ao tratamento oferecido aos torcedores alvinegros, vítimas desta violência urbana irracional que a cada dia que passa denigre a imagem do futebol. A Copa do Mundo está chegando e a irracionalidade crescendo, vergonhoso. A rivalidade não pode ultrapassar o campo das brincadeiras e gozações, o respeito deve ser mútuo. O futebol tem que ser uma festa, não um guerra. Basta de violência, esse é o nosso pedido.

7 comentários:

Sergio Jr disse...

Ja apresentaram o cara que pintou as cadeiras de verde e os supostos baderneiros?

Anônimo disse...

...EM SUMA, PESSOAL AMIGO E MUITO AVAIANO DA CHULETA, NOSSO "TÉNICO": 1. - É UM TREMENDO DE UM CAGÃO;
2. - É UM COVARDE E MENTIROSO;
3. - NOSSA DIREÇÃO É FRACA, POIS ESTÁ VENDO A VACA IR PARA O BREJO E NÃO DIZ NADA;
4. - NOSSO "TÉNICO" AFRONTA O PORTUGUÊS AO CONFUNDIR CATEGORICAMENTE - CONVICÇÃO COM BURRICE, ESTUPIDEZ E BOÇALIDADE;
5. - QUEM MANDOU RENOVAR COM ESTA "COISA" CHAMADA DIOGO ORLANDO?;
6. - DEIXAR FABIANO, ESTRADA, E ATÉ MESMO BATISTA NA CERCA PARA COLOCAR AQUELA EXCRESCÊNCIA É A MAIS PURA FALTA DE BOM SENSO E INTELIGÊNCIA;
7. - FORA - SILAS - VOLTE PARA O GRÊMIO OU FLA...LÁ ELES TE ADORAM...ESTÃO TE ESPERANDO DE BRAÇOS ABERTOS, SEU INFELIZ;
8. - A PERSISTIR ESTE ESTADO DE COISAS, VAMOS PERDER PARA O MARCÍLIO, DISTO NÃO TENHO A MENOR DÚVIDA, E VAMOS EMPATAR COM O CONCÓRDIA EM CASA, PRÁ ANIQUILAR DE VEZ NOSSA "BELÍSSIMA" CAMPANHA NO ESTADUAL/2011, ONDE GARRA-LUTA-DETERMINAÇÃO NOSSO "TÉNICO" E ATLETAS TIVERAM AOS BORBOTÕES.
9. - VAMOS CRIAR VERGONHA NA CARA...VAMOS..(DIRIGENTES, "TÉNICO" E ATLETAS).

RICA - JÚLIO RICHARD CÂMARA.

E.T. - FELIPE...QUEM É ESTE CARA QUE NEM RELACIONADO ERA...E QUE NÃO MAIS DO QUE DE REPENTE ENTRA COMO SALVADOR...ENVIADO PELO PASTOR??? ESTE PALHAÇO SÓ PODE ESTAR DE BRINCADEIRA. NUM MOMENTO CRUCIAL DA PARTIDA, ESTE MERDA COLOCA UM CARA QUE NUNCA OUVIMOS FALAR. VÁ SE FUDER...SEU DESGRAÇADO. PERDÃO, PORÉM, NÃO DÁ PARA SER EDUCADO. MINHA PACIÊNCIA E EDUCAÇÃO TEM LIMITES. PENSO QUE A NOSSA...PORÉM VOCÊS SÃO EDUCADOS.

Dinho disse...

Estou triste pela derrota, mas, mais triste ainda pelo absurdo das pedras que atingiram os torcedores do time do estreito. Rivalidade sim, violência não! Que sejam punidos esses covardes!

Bruno disse...

Boa tarde,
Acho que a diretoria Avaiana deveria retomar aqueles encontros (não me recordo o nome) que eram feitos entre as torcidas antes do início da partida, pois já dá uma baixada nos animos, fazendo o clima ficar mais amigável entre as torcidas. Para mim era algo que dava certo e não deveria ter acabado.

Abraços.

Bruno

Chuleta Avaiana disse...

Prezado sérgio,

Os atos cometidos na Ressacada extrapolam e muito uma mancha de tinta...ninguém da diretoria avaiana se manifestou sobre os incidentes no Estreito....entretanto, deveriam ser os primeiros a repudiarem os atos cometidos durante e após o clássico.....vergonhoso.

Abraços da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Prezados Amigos,

A derrota já era esperada, Consequência da teimosia de Silas...mas o que nos deixou profundamente triste foi ver nossa imagem vinculada a violência mais uma vez!

Até qdo teremos que conviver com isso? Será preciso ocorrer mortes, como acnteceu nos grandes centros? Ou seremos igual a Minas Gerais, jogos de apenas uma torcida!

Lamentável.

Abraços da Chuleta Avaiana.

Sergio Jr disse...

Repudio qualquer violencia, inclusive essa na Ressacada. A ideia do Bruno deveria ser colocada em pratica. Um erro nao justifica o outro, mas o "ilícito" tem que ser cobrando. Mesmo quando um dos presidentes quer por panos quentes. Quem ficou no prejuizo e sofreu a agressão nao gostou nada da omissão de Zunino e o silencio de Lodette.