segunda-feira, 4 de abril de 2011

Vitória da teimosia !

Por: Jair "Jajá" Alcides dos Santos
Bom dia, torcedor avaiano.
Como escrevi na última postagem, hoje gostaria de estar comemorando nossa classificação para a próxima fase da Copa do Brasil e uma vitória no clássico. A classificação na competição brasileira veio ao natural. Mesmo o Avaí não apresentando um grande futebol, a equipe do Ipatinga foi presa fácil para o nosso Leão.
Já no clássico de domingo (03), não tivemos a mesma sorte e fomos derrotados em plena Ressacada. Credito essa derrota ao mau futebol apresentado pela equipe e a teimosia do nosso treinador. Como um treinador deseja vencer uma partida sem uma meia cancha consistente. Marquinhos não joga faz tempo, Diego Orlando não tem qualidade técnica para jogar na equipe avaiana, o único que vem apresentando um futebol de qualidade é Marcinho Guerreiro.
É impossível entender os motivos que levam o comandante avaiano a manter um jogador da qualidade de Estrada no banco, nossa equipe está sem criatividade, falta qualidade. Já está mais do que comprovado que jogar com três zagueiros e dois volantes, com esses jogadores, não vai funcionar no Avaí. Estamos escrevendo aqui faz tempo que esse setor do Leão, junto com nossa defesa precisa ser revisto, só o Silas não viu isso ainda. O dia começou lindo, mas infelizmente terminou negro. Enquanto isso, nós torcedores avaianos seguimos sofrendo. Até quando? Essa é a pergunta que não quer calar.
Conforme prometido, hoje vou contar a história da liga que o time Além das Pontes tentou formar. A efetiva concretização da nova liga, apesar de todo o esforço do time do lado de lá da ponte, não passou do papel, pois as agremiações mais influentes preferiram continuar atendendo às exigências legais da instituição mais antiga, já que esta tinha o apoio da Confederação Brasileira de Despostos (CBD).
Passando por tudo isso, o Além das Pontes acabou retirando de pauta sua proposta de criação de nova liga. Todavia, para não ficar por baixo, justificou que a atitude teve boa repercussão e pesou no aprimoramento e melhor organização da Liga Santa Catarina de Desportos Terrestres (LSCDT). Logo em seguida solicitou sua readmissão ao quadro de associados da LSCDT. Definida a LSCDT, a polêmica passou a ser a sua denominação, mas isso é assunto para o próximo post.
Amigos leitores, por hoje é só, semana que vem voltaremos com mais informações do nosso Leão.

2 comentários:

Dinho disse...

Como quer vencer um time que tem um técnico retranqueiro, que joga com 3 zagueiros (em casa), que deixa no banco o excelente Estrada, companheiro ideal pro nosso craque Marquinhos, que coloca como titular o péssimo/enraizado/desatento Diogo Orlando??? Como quer vencer um time que não tem uma jogada ensaiada, que tem laterais que NÃO funcionan, que fica a base de chuões visando os atacantes, que estavam sempre bem marcados??? Como quer vencer um time individualista, que parece querer entrar sempre com bola e tudo no gol e que não chuta de fora da área??? Até quando isso??? Até quando vai esse "laboratório" que Silas está fazendo com nosso time??? Perdemos porque fomos incompetentes, só por isso!!!
Acorda Silas, você está enterrando nosso Avaí!!!!!!!!!!

Chuleta Avaiana disse...

Belo desabafo, Dinho, esse sentimento de indignação é compartilhado por todos nós, pode ter certeza. Um abraço da Chuleta Avaiana.