sexta-feira, 27 de maio de 2011

“É Preciso Saber Viver”

A canção "É Preciso Saber Viver" foi composta por Roberto e Erasmo Carlos. Sua letra foi inspirada na música It's Over, de Elvis Presley; todavia, quem fez muito sucesso com a música foi a banda Titãs.

Titãs é uma banda de rock brasileira formada em São Paulo, na década de 1980. Devido aos seus inúmeros sucessos tornou-se uma das quatro maiores bandas do BRock, ao lado de Legião Urbana, Os Paralamas do Sucesso, e Barão Vermelho. Dentre seus vários sucessos destacamos: Sonífera Ilha, Flores, Polícia, Familia, Comida, O Pulso, Go Back, Domingo, Enquanto Houver Sol, Homem Primata, Bichos Escrotos, Cabeça Dinossauro e Prá Dizer Adeus e Marvin.

Antes do surgimento dos Titãs, seus integrantes já tocavam em vários grupos musicais. Arnaldo Antunes e Paulo Miklos eram parte da banda Performática; Nando Reis era percussionista da banda Sossega Leão; Branco Mello, Marcelo Fromer e Tony Bellotto formavam o Trio Mamão e as Mamonetes; Sérgio Britto e Marcelo Fromer também chegaram a se apresentar no programa do Chacrinha, sendo "gongados" cantando a música "Eu também quero beijar", sucesso de Pepeu Gomes.

A música de hoje nos leva a algumas reflexões relacionadas ao nosso time do coração. Futebol não se vence apenas dentro de campo, mas fora dele também. Diretoria, Comissão Técnica e jogadores devem estar em harmonia para que os resultados desejados sejam alcançados. Administrar clube de futebol não é tarefa fácil, pois envolve interesses de muitas pessoas, e quando não se consegue uma coalizão, o resultado é o que se viu na partida de ontem, desmotivação, desinteresse. Enquanto isso, o torcedor que é apaixonado pelo seu clube, o único que sente e expressa seu amor incondicional, sofre as consequências desse jogo de interesses. Quem espera que a vida; Seja feita de ilusão; Pode até ficar maluco; Ou morrer na solidão; É preciso ter cuidado; Pra mais tarde não sofrer; É preciso saber viver.

Passado esse momento doloroso, alguns jogadores se vão e outros virão, enquanto a torcida, o maior patrimônio de um clube, continua sua saga, sua paixão, com momentos de alegria, como os vividos diante do São Paulo, e de tristeza, como vividos diante do Vasco. Vamos seguir em frente e esperar que nosso Leão e os comandantes do futebol azurra encontrem a solução para que nosso time faça um bom campeonato brasileiro, e não tenhamos o sofrimento de 2010. Toda pedra do caminho; Você pode retirar; Numa flor que tem espinhos; Você pode se arranhar; Se o bem e o mal existem; Você pode escolher; É preciso saber viver...

4 comentários:

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

Bela música, bela comparação!
E é isso aí mesmo: A vida segue! O Avaí Futebol Clube somos nós! Eles, tecnicos, dirigentes e jogadores, todos se vão um dia, mas o Avaí fica e é Paixão Prá Toda Vida!

Vamos Pro Brasileirão!

Anônimo disse...

É isso aí criativo bloqueiro!!! É hora de mandar a tristeza embora. Não deu pra chegar na final, mas pelo menos o time mostrou, no decorrer do campeonato, que tem condições de jogar de igual pra igual com times considerados grandes.
Só que pra fazer um bom campenato brasileiro, precisamos, de uma "equipe" 100% equilibrada e motivada e que respeite, principalmente, sua torcida.

Chuleta Avaiana disse...

Grande Dinho, vamos seguir em frente. Infelizmente temos que nos acostumar com essas "coisas estranhas" do futebol. Um abraço da Chuleta Avaiana.

Chuleta Avaiana disse...

Anônimo, valeu o elogio. Precisamos seguir em frente. Que venha o brasileirão. Um abraço da Chuleta Avaiana.