segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Mais um show de horrores

O Avaí voltou a campo no último sábado (10) para encarar o América-MG em Sete Lagoas. Depois de sair perdendo por dois gols o time avaiano acabou buscando o empate que pouco ajuda na fuga do Leão da zona de rebaixamento.

Novamente o time avaiano entrou em campo e não se encontrou, desde o início da partida o coelho mineiro, time sem alguma qualidade, tomou conta das ações da partida e aos 8 minutos abriu o placar através de Gilson.

Mesmo depois de tomar o primeiro gol a equipe avaiana não se achou em campo e o domínio da partida continuava com os donos da casa.

Aos vinte e sete minutos depois, de quatro cobranças de escanteios seguidas, a bola sobra para André Dias que amplia o placar para o America/MG e dá números finais a primeira etapa.

Na segunda etapa o Avaí voltou levemente melhor com a entrada de Batista no lugar de Pedro Ken. Mas a equipe avaiana começou a se mostrar efetiva depois da entrada de Estrada no lugar de Rafael Coelho.

Aos 30 minutos Toninho Cecílio abre de vez a equipe avaiana colocando Cleverson no lugar de Bruno e mais uma vez a substituição surte efeitos e aumente o domínio avaiano na partida.

Aos 32 minutos Willian recebeu a bola de Lincoln e marca o primeiro gol avaiano. Quatro minutos depois Cleverson cabeceia e marca o gol de empate avaiano.

Depois do empate o time comandado por Toninho Cecílio ainda teve oportunidade de virar a partida mas acabou parando nas mãos de Neneca o goleiro do coelho mineiro.


O Avaí volta a campo no próximo domingo (18) para encarar o Palmeira, na Ressacada, às 16hs.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG (2) Neneca; Micão, Otávio, William Rocha (Anderson); Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral, Gilson e Rodriguinho (Ulisses); Kempes e André Dias (Léo).

Técnico: Givanildo de Oliveira.

AVAÍ (2) Felipe; Arlan, Dirceu, Welton Felipe e Pará; Bruno (Cléverson), Pedro Ken (Batista), Lincoln, Robinho; Rafael Coelho (Estrada) e William.

Técnico: Toninho Cecílio.

Gols: Gilson aos 8 minutos, e André Dias, aos 27 do primeiro tempo. William aos 31 e Cléverson aos 36 do segundo tempo.

Amarelos: Pedro Ken, Diogo Orlando e Gilson (AM)

Arbitragem: Sálvio Spínola dos Santos, Fabrício Villarinho e João Chaves (trio de SP).
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Renda: R$ 6.605
Público: 734 pagantes

Um comentário:

Serjão Jr disse...

Apesar tudo continuarei indo a Ressacada. Sou Avaiano em qualquer serie e quero aproveitar esse restinho de Serie A. Aos indignados jogadores Avaianos peço so duas coisas: Ganhar o classico na Ressacada e nao ficar em ultimo no Brasileirao. Ao pessoal de nossa midia local, incluindo radio Guaruja e TVBV, um recado. Sejam menos torcedor e mais profissionais.