segunda-feira, 2 de abril de 2012

Escaparam !

Na tarde/noite de ontem o Avaí empatou com a equipe Além das Pontes pelo placar de dois gols. Após sair perdendo o jogo por 2x0, o Leão conseguiu o empate e manteve uma invencibilidade que já ultrapassa os cinco anos na casa do adversário.

O clássico número 398 mal começou e o Além das pontes abriu vantagem. Aos dois minutos de partida, depois de uma confusão da defesa azurra, a bola sobrou para o atacante Aloísio chutar praticamente sem ângulo e abrir o placar. A equipe avaiana ficou por alguns momentos atordoada e por muito pouco não sofreu o segundo gol, mas a bola encontrou a trave.

Depois desse lance o jogo passou a ser dominado pelo Leão, que só não conseguiu o empate graças as defesas de Wilson e a boa postura defensiva. Aos 12 minutos, Cléber Santana chutou uma bomba de fora da área e por pouco não acerta o gol. Aos 15 minutos, Nunes chegou a marcar o primeiro gol avaiano, mas estava em posição irregular. Impressionante como esse atacante se posiciona mal.

Aos 16 minutos, foi a vez do Avaí acertar a trave adversária com Robinho, outro que também não nos convence. O Além das Pontes só apareceu no ataque aos 25 minutos, com Aloísio mais uma vez. O time azul continuava jogando melhor, apesar de não conseguir materializar em gols sua superioridade. Robinho abusou de bater escanteios de maneira displicente e o Avaí não aproveitou as oportunidades do primeiro tempo.

Fomos para a segunda etapa e o panorama da partida não mudou muito; contudo, mais uma vez, no início do jogo, mais precisamente aos quatro minutos, sofremos o segundo gol, agora de pênalti com Júlio César. O Leão acusou o golpe e o time do estreito começou melhor, mas foi por pouco tempo.

O Avaí equilibrou as ações e passou a jogar melhor.

Finalmente, aos 12 minutos, Nunes, que não fazia uma boa partida, em jogada com Robinho, tira o zero do placar alviceleste. Após o gol a equipe continuou pressionando os donos da casa, que faziam o tempo passar de maneira vergonhosa.

Aos trinta e nove minutos, veio a redenção da equipe do sul da ilha. Em um belo cruzamento, Cléber Santana não perdoou e de cabeça deixou tudo igual.

Por muito pouco não saímos do estádio do Além das Pontes com mais uma vitória. Valeu o resultado e a evolução nítida da equipe.

Com o resultado de ontem, a equipe avaiana continua viva na competição, mas para o torcedor avaiano o que mais importou foi a mudança de atitude dos jogadores. Assistimos uma equipe aguerrida e com vontade de jogar, honrando o manto avaiano, como sempre foi nossas tradições.

Agora temos um grande desafio que é vencer a equipe do Joinville em casa. O Leão precisa manter a pegada e continuar crescendo na competição. Uma vitória pode encaminhar a classificação para a semi-final do campeonato. “Vamo, vamo, Avaeee”!

Ficha Técnica

Além das Pontes: Wilson; Pablo, Canuto, Sandro, Guilherme Santos; Ygor (Luiz Fernando), Túlio, Toró (Doriva), Roni; Aloísio, Júlio César (Guilherme Lazzaroni)

Avaí: Diego; Arlan, Renato santos, Leandro Silva, Aelson (Maurício); Bruno, Pirão, Cleber Santana, Robinho (Diego Palhinha); Nunes, Felipe Alves (Laércio)

Arbitragem: Braulio da Silva Machado. Auxiliado por Kleber Lúcio Gil e José Roberto Larroyd.

Gols: Aloísio (02' - 1º tempo), Júlio César (04' - 2º tempo), Nunes (12' - 2º tempo), Cléber Santana (39' - 2º tempo)

Cartões Amarelos:
Avaí - Bruno, Leandro Silva, Robinho, Felipe Alves, Pirão, Nunes
Além das Pontes - Ygor, Canuto, Pablo, Guilherme Santos

Público: 15.551
Renda: R$218,955,00

2 comentários:

Anônimo disse...

A RBS (TV e Rádio/CBN) veste preto-e-branco e deve estar feliz (narrações direcionadas e empolgantes só para um lado). Pois time que ela já elegeu campeão do Estado empatou em casa.

Até quando vamos ver o Wilson mandar no árbitro e fazer cera.

Até quando vamos ver cai-cai do time do ixtreitu e o árbitro conivente com tudo isso.

Está tudo arrumado mesmo, não há outra interpretação, pois o desconto dado foi vergonhoso, era para dar uns 5 minutos a mais no 1º tempo e no 2º, pelo menos, uns 7 anos.

Trataram a torcida do Avaí como um nada, enquanto tivermos um direcionamento dentro do Campeonato Estadual, vai ser assim.

As autoridades, ditas poderosas, não respeitam os princípios da Administração Pública, são parciais e fazem tudo por um único time.

Serjão Jr disse...

Em primeiro lugar o futebol. Temos que esquecer os problemas de bastidores e encher a Ressacada.