quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

AVAI perde jogador para o BAC....


O título não reflete um fato real, por enquanto. Entretanto, as notícias que borbulham a cada dia no outrora caldeirão, são assustadoras. O que tem sido feito com todo dinheiro que entra na Ressacada com verba da CBF, direito de televisão, patrocínios, mensalidade dos sócios entre outras? Nossa diretoria se limita a justificar que não tem condições de brigar com outros clubes que oferecem altos salários, contudo, não apresenta provas concretas das propostas e contra propostas que inviabilizam as negociações. O certo é que tem muita coisa errada no sul da ilha, inclusive sendo exposto através de entrevistas concedidas por Luiz Alberto (já havia soltado o verbo sobre divergências internas), Benazzi (disse que “se eu falar o que está acontecendo, vai ficar ruim pra mim”) e Moisés Cândido (fechou dizendo que “se o Avaí no próximo ano, errar 1/3 do que errou em 2010, será rebaixado).

Nenhuma das declarações foi esclarecida pelo nosso presidente, o qual sempre desconversou sobre o assunto, dizendo apenas em relação ao Benazzi, que este “fala demais”. Voltando para questão dos jogadores, no início desta semana, William, o Batoré, não acertou com a Ponte Preta, mas o empresário do jogador garantiu que será muito difícil o atleta voltar a vestir a camisa do leão, apesar do contrato vigente. Afirmou que a Portuguesa tem interesse no jogador para o paulistão, em troca, poderia repassar ao leão Acleisson. Sendo concretizada a negociação, vamos de Carreirinha, Rafael Costa e Jandson, é muito sofrimento!

Agora, surgiu a notícia que estamos novamente numa queda de braço para tentar trazer Somália, do Duque de Caxias, um atleta de 33 anos, que atuou por um time que brigou contra o descenso para série C, numa das competições mais fracas dos últimos tempos. É uma verdadeira vergonha, não vamos jogar no lixo tudo que foi feito nestes últimos três anos, mas nossa diretoria está afundando o leão. Além do time carioca, o Ituano, que disputa o paulistão, está tentando levar o lateral Pará, ou seja, virou um verdadeiro mercado livre, qualquer equipe tira jogadores do leão.

Portanto, com todo respeito ao time atual campeão do futebol não-profissional, o BAC – Biguaçu Atlético Clube -, não ficaremos nada impressionados, caso o Avaí venha a perder jogadores para a disputa do campeonato amador da região, pois até que se prove o contrário, as ações adotadas no sul da ilha, estão nos colocando no mesmo patamar, afinal, o profissionalismo tem passado longe da Ressacada.

5 comentários:

Sergio Jr disse...

Apostar em Somalia, jogador de serie C. É fazer o torcedor de bobo. Pra mim esse jogador é jogador de serie C e ultrapassado.
Nao vai acrescentar nada.

Chuleta Avaiana disse...

Grande Sérgio,

Em que pese tb não gostar da idéia, pelo menos o Somália tem uma noção de futebol.

Agora difícil mesmo será aturar Rafa Costa, Jandson e Cia....

Anônimo disse...

Porra! tão levando até o Rudnei. Um clube que não tem condições de segurar nem o Rudnei, é porque a coisa tá muito feia mesmo.
Só falta levarem o Zunino!

Sergio Junior disse...

Enfim uma noticia boa. Rudnei ta fora!

Chuleta Avaiana disse...

Prezado Sérgio,

É a velha história, em terra de cego, quem tem um olho vira rei!
Pior é ver o Avai correndo atrás do Robinho....devolve logo pro Santos. O Vandinho, pelos péssimos serviços prestados, já deveria ser o primeiro a encabeçar a barca!

Mas....

Abs.